Quinta-feira, 1 de Novembro de 2012
Fundação de tese e saudades tecnológicas

 

Muita coisa se passou desde a última vez que escrevi aqui no blog. Fundei mentalmente uma tese sobre o tipo de pessoas da terceira idade que frequenta os autocarros, e a verdade é que existe sempre um destes dois tipo que passo a descrever (nada impede que ambos estejam a ocorrer em simultâneo, mas garanto que a noção que temos do percurso do autocarro vai parecer interminável). 

 

Temos aquelas senhorazinhas que se distinguem logo mal entram, dado que se trava logo de imediato um diálogo com o motorista. Sentam-se no primeiro lugar, que parece que estava ali mesmo reservado para elas. Contam piadas que não têm graça nenhuma, mas o motorista acha sempre. O resto do tempo em que não contam piadas, falam obviamente dos netinhos e do quão sobredotados estes são.

 

O segundo género são aquelas que se sentam nos bancos de trás suficientemente perto da porta para facilitar a saída, e travam conversas cruzadas com a senhora do lado ou de tras, que se ouve por todo o autocarro, onde mais uma vez o tema é o netinhos que estão a crescer a uma velocidade estonteante.

 

 

Estive mais de 15 dias sem o meu telemóvel já que tinha que aproveitar o facto da garantia acabar para o mês que vem para mandar reparar os danos internos que ele tinha. Estar habituada a um teclado qwerty físico e passar para um full touch é complicado. E diga-se que gosto de coisas simples. Finalmente já mandaram uma mensagem a informar que já é possível ir levantar o equipamento. Se o meu filhinho vier com fome ou constipado vou fazer um escândalo enorme! :c



Publicado por Sara Pagani às 13:27
| Deixa uma mensagem

1 comentário:
De Ana✿ a 1 de Novembro de 2012 às 16:01
Ui! Como conheço esses exemplos... omg xD


Comentar post

Arquivo
Posts Recentes

Touching *.*

Esqueceste-te...

The Impossible

Alentejo Sem Lei

Coisas que chateiam um bo...

Programa para hoje

O Fim do Mundo

A culpa é da crise

Awkward Train Situations

Gestos